África resiste à crise do turismo

27 agosto 2009

Reunião da Organização Mundial do Turismo, OMT, recomendou uma maior cooperação entre regiões do mundo para tornar o fluxo turístico mais eficaz; órgao pediu também aos países para facilitarem aspectos relacionados com viagens internacionais, incluindo a obtenção de vistos.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

O turismo internacional vai continuar a sofrer os efeitos da recessão económica mundial em 2009 e os governos deverão implementar medidas de investimento em infra-estruturas e emprego para superar a crise.

Estas são algumas das conclusões de um seminário de dois dias da Organização Mundial do Turismo, OMT, encerrado nesta quinta-feira, em Madrid, na Espanha.

Obtenção de Vistos

O encontro da OMT recomendou uma maior cooperação entre regiões do mundo para tornar o fluxo turístico mais eficaz. O órgão apelou também aos países para facilitarem todos os aspectos relacionados com viagens internacionais, incluindo a obtenção de vistos.

A agência da ONU pede a adopção de medidas de apoio às pequenas e médias empresas, que são os principais geradores de divisas e empregos na área do turismo.

A vice-secretária-geral da OMT, Sandra Carvão, disse à Rádio ONU, de Madrid, que África foi a região que melhor resistiu à crise no sector do turismo.

Panorama Negativo

"África tem sido uma excepção positiva dentro do panorama negativo que se verifica a nível do turismo internacional este ano por razões óbvias que tem a ver com a crise económica. De facto, África foi de acordo com os dados disponíveis até Abril, a única região do mundo que teve crescimento do número de chegadas de turistas internacionais comparativamente ao ano anterior" afirmou.

A reunião também realçou que o surgimento da gripe A(H1N1) prejudicou, durante algum tempo, o turismo nos países mais afectados.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Siga a Rádio ONU no twitter

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud