ONU promove encontro Brasil-China sobre proteção social (Português Brasil)

26 agosto 2009

Seminário promovido pelo Centro Internacional de Política para o Crescimento Inclusivo, IPC, teve como objetivo identificar áreas de pesquisa e atuação social nos dois países.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Estudos "China-Brasil: Ampliando a Agenda de Cooperação em Proteção Social" encerrada nesta quarta-feira, em Brasília, teve como objetivo identificar áreas de pesquisa e atuação social nos dois países

O encontro promovido pelo Centro Internacional de Política para o Crescimento Inclusivo, IPC, um órgão vinculado ao Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, contou com a presença de representantes dos dois governos.

Programas

Uma nota do IPC indica que a missão representa um passo importante para a troca de experiências entre os dois países na área social, em um contexto marcado por crescentes laços nos setores econômico e social.

O evento faz parte do"Ano da Proteção Social 2009".

A coordenadora da Unidade de Aprendizado Sul-Sul do IPC, Melissa Andrade, falou à Rádio ONU, de Brasília, sobre os programas sociais brasileiros que foram apresentados aos representantes chineses.

"Eles tiveram a oportunidade de apresentarem suas experiências em um seminário que aconteceu na segunda-feira e à tarde eles conheceram os programas do Ministério de Desenvolvimento Agrário do governo brasileiro. Na terça-feira eles conheceram os programas do Ministério de Desenvolvimento Social, no qual foi falado sobre o Sistema Único de Assistência e o Programa Bolsa-Família do Brasil. E nesta quarta-feira estaremos fazendo uma visita de campo aqui no Distrito Federal" disse.

O IPC apresentará um relatório sobre este encontro, incluindo a proposta de troca de especialistas entre o órgão e o Centro para a Redução da pobreza da China.

Siga a Rádio ONU no twitter

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud