Ban pede ao povo afegão que participe das eleições
BR

19 agosto 2009

Secretário-Geral destaca que a participação da população irá renovar a vida política do país e reafirmar o desejo da sociedade civil de contribuir para a paz e prosperidade; pleito terá lugar nesta quinta-feira, dia 20.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a todas as mulheres e homens do Afeganistão para que votem nas eleições presidenciais e provinciais marcadas para esta quinta-feira, e assim, fortaleçam as instituições democráticas do país.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira em Nova York pela sua porta-voz, Ban destacou que a participação do povo afegão no pleito irá trazer um vigor renovado à vida política do país e reafirmar o desejo da sociedade civil de contribuir para a paz e prosperidade da nação.

Diálogo Político

O Secretário-Geral também fez um apelo a todos os candidatos, integrantes dos partidos e observadores internacionais e afegãos para que cooperem com a Comissão Eleitoral Independente.

Um total de 41 candidatos, incluindo duas mulheres, estão concorrendo à presidência do Afeganistão, além de outros 3 mil afegãos que competem para as vagas nas eleições provinciais marcadas para o dia 20 de agosto.

Na terça-feira, Ban Ki-moon expressou profundo pesar pelas mortes de dois funcionários das Nações Unidas ocorridas em um ataque a bomba em Kabul, capital do país.

Novos Ataques

Segundo agências de notícias, o ataque matou sete pessoas, e feriu mais de 50.

Ban disse estar muito preocupado com as notícias do ataque que feriu um terceiro funcionário da Missão de Assistência das Nações Unidas no país, Unama.

De acordo com agências de notícias, novos ataques ocorreram, nesta quarta-feira, em Kabul, incluindo uma troca de tiros entre forças do governo e três homens ainda não identificados.

Siga a Rádio ONU no Twitter

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud