Erva daninha causa danos superiores a US$ 95 bilhões, diz FAO
BR

11 agosto 2009

A agência da ONU aponta que a erva daninha é uma das responsáveis pela fome no mundo; Nos preços atuais, o prejuízo causado pela erva daninha equivale a 380 milhões de toneladas de trigo, o que significa mais que a metade da produção do mundo esperada neste ano.

Michelle Alves de Lima, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, anunciou nesta terça-feira que a erva daninha é uma das responsáveis pela fome no mundo.

Segundo o especialista cubano Ricardo Labrada-Romero, a planta indesejada age durante o ano inteiro, sendo considerada a inimiga número um dos agricultores.

Prejuízo

Uma pesquisa liderada pela organização ambiental Land Care of New Zealand constatou que a erva daninha é responsável por um prejuízo na produção de alimentos global de US$ 95 bilhões por ano, o equivalente a pouco mais de R$ 175 bilhões.

O valor é mais que o dobro do que é gasto com danos causados por insetos, calculado em US$ 46 bilhões, e superior até mesmo à quantia destinada às perdas devido a patologias, estimada em US$ 85 milhões.

Nos preços atuais, o prejuízo causado pela erva daninha equivale a 380 milhões de toneladas de trigo, o que significa mais que a metade da produção do mundo esperada neste ano.

Combate

O uso de sementes de boa qualidade e também de um plástico especial para cobrir o solo durante o verão e causar a chamada "solarização do solo", são algumas das alternativas propostas por Labrada-Romero para pôr fim ao ataque dessas plantas indesejáveis.

Nos casos de ervas daninhas marinhas, o especialista recomenda os métodos de controles biológicos. Segundo Labrada-Romero, o uso de alguns insetos nativos da Amazônia, no Brasil, tem sido eficaz para manter o controle das plantações.

*Apresentação: Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

Siga a Rádio ONU no Twitter

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud