Cruz Vermelha lança apelo de US$ 850 mil para África

10 agosto 2009

Montante visa apoiar operações do órgão em 16 países da África Central e Ocidental a responderem de forma mais eficaz a emergências associadas ao mau tempo.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha lançou esta segunda-feira um apelo preliminar de emergência no valor de US$ 850 mil para ajudar 25 mil pessoas na África Ocidental e Central.

O apelo destina-se a apoiar as operações do órgão em 16 países da região, incluindo a Guiné-Bissau.

Emergências

O montante vai ajudar os comités nacionais da Cruz Vermelha nessas nações a responderem de forma mais eficaz a emergências de pequena e média dimensão associadas ao mau tempo, como cheias e seca.

O dinheiro angariado servirá para reforçar os estoques regionais de emergência, estabelecer sistemas comunitários de aviso imediato, rever planos de contingência e formar voluntários na avaliação e coordenação de ajuda.

Segundo a Cruz Vermelha, esta operação baseia-se na experiência de 2008, quando o órgão lançou o seu primeiro apelo para reforçar o nível de preparação para emergências, baseado em previsões meteorológicas para a região.

Desastres

O director do escritório de preparação para desastres do órgão, em Dakar, Senegal, Jerry Niati, disse que o ano passado apenas duas pessoas morreram devido a chuvas. Mais de 30 tinham morrido o ano anterior. Ele afirmou ainda que os custos operacionais foram também mais baixos.

Desde Junho, chuvas fortes causaram cheias em vários Estados da região, incluindo o Benin, a República Centro-Africana e Gana, afectando cerca de 150 mil pessoas.

Siga o Twitter da Rádio ONU

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud