Presidente diz que quer ‘ser o Lula da Guiné-Bissau’
BR

31 julho 2009

Em entrevista exclusiva à Rádio ONU, o ganhador das eleições presidenciais do país africano, Malam Bacai Sanhá, diz que deve visitar o Brasil ainda este ano.

[caption id="attachment_167729" align="alignleft" width="175" caption="Malam Bacai Sanhá"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente eleito da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, disse à Rádio ONU que considera o presidente Luiz Inácio Lula da Silva um exemplo a ser seguido.

Bacai Sanhá ganhou as eleições neste domingo após derrotar o candidato da oposição, Kumba Ialá, com 62% dos votos.

Cultura Próxima

O novo presidente do país de língua portuguesa, do oeste da África, afirmou que quer visitar o Brasil ainda este ano.

"Eu digo aqui que eu gostaria der ser o Lula da Guiné-Bissau. Nós partilhamos uma cultura muito próxima, falamos a mesma língua, partilhamos a mesma história. Aquilo que Lula tem levado a cabo no Brasil em nível de desenvolvimento me apaixona bastante.

Agenda

Eu penso que será um dos países a visitar ainda antes do final deste ano, se assim as autoridades brasileiras o entenderem", afirmou.

O presidente eleito da Guiné-Bissau disse que pretende trocar ideias sobre uma agenda contra a pobreza.

"Eu gostaria de me sentar e conversar com o presidente Lula. Trocar uns pontos de vista sobre o desenvolvimento. E tentar ver se podemos acampar algumas experiências importantes sobre combate à fome, energia. Há muita coisa boa no Brasil. Eu sonho, sonho em me encontrar com o presidente Lula. Eu gosto muito do Brasil. Gosto daquele povo", afirmou.

Presença da ONU

O futuro presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, também elogiou o trabalho das Nações Unidas no país e disse que defenderá a presença da ONU na nação africana enquanto a Guiné precisar da organização.

Malam Bacai Sanhá, que é formado em Ciências Sociais, foi presidente da Guiné-Bissau entre 1999 e 2000 por apenas um ano. Ele deve tomar posse em 8 de setembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud