ONU: falta vontade política para resolver crise em Darfur

29 julho 2009

Ban Ki-moon disse que Unamid continua a debater-se com uma escassez de equipamentos cruciais, particularmente helicópteros.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que falta vontade política para resolver a crise na região sudanesa de Darfur.

Ele falava esta quarta-feira na sua conferência de imprensa mensal da sede das Nações Unidas em Nova Iorque.

Helicópteros

Ban revelou que a missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, deverá ter todos os 26 mil capacetes azuis aprovados pelos Conselho de Segurança até o final do ano. Ele disse contudo que a missão debate-se com uma escassez de outros equipamentos essenciais, como helicópteros.

Quase três anos após a sua criação, a Unamid só recebeu 8 dos 24 helicópteros que necessita.

Ban disse que a sua experiência como Secretário-Geral leva-o a pensar que o principal ingrediente para resolver a crise em Darfur é a vontade política da comunidade internacional e dos principais actores no terreno.

Progressos

Ele afirmou que a actual crise financeira não pode servir de pretexto para a falta de apoio ao processo de paz em Darfur.

Ban Ki-moon notou progressos em outras regiões do Sudão, particularmente a decisão do Norte e do Sul de aceitarem o recente veredicto da Corte Permanente de Arbitragem sobre a disputada área de Abyei. Ele disse que esse desenvolvimento encorajador é um bom augúrio para a pacificação do país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud