ONU condena ataque à missão no Afeganistão
BR

29 julho 2009

Segundo chefe da Unama, ninguém ficou ferido, mas alguns equipamentos e um veículo foram danificados.

[caption id="attachment_167523" align="alignleft" width="175" caption="Kai Eide"]

Carla Fernandes, da Rádio ONU em Nova York.*

A Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, condenou, nesta terça-feira, um ataque com foguetes a suas instalações na província de Herat, no oeste do país.

Numa nota, a Unama informou que equipamentos e um veículo da missão foram danificados, mas ninguém ficou ferido.

Geradores de Energia

Ao todo, foram disparados sete foguetes contra o prédio da ONU em Herat, num ataque na segunda-feira. Segundo a missão, o atentado teria sido de autoria de militantes.

O veículo danificado pertence ao Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef. Dois mísseis caíram dentro das instalações e atingiram dois geradores de energia do Escritório da ONU para Projetos de Serviços.

Eleições

O chefe da Unama, Kai Eide, disse que as Nações Unidas estão no Afeganistão para ajudar as comunidades mais carentes e por isso deve ser respeitada.

Ele pediu às autoridades do país que identifiquem os autores do ataque.

Além do trabalho humanitário, a ONU também está concedendo assistência técnica à organização das eleições presidenciais e locais no Afeganistão. A votação está marcada para 20 de agosto.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud