ONU saúda veredicto sobre disputada região sudanesa

22 julho 2009

Corte Permanente de Arbitragem modificou a demarcação fronteiriça de Abyei, entregando o controle de um importante campo petrolífero ao governo de Cartum; disputa vinha bloqueando a implementação do Acordo Global de Paz, entre o Norte e o Sul.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas saudaram esta quarta-feira o veredicto da Corte Permanente de Arbitragem sobre a disputada área de Abyei, rica em petróleo, no Sudão.

O tribunal, com sede em Haia, na Holanda, modificou a demarcação fronteiriça da região, entregando o controle do campo petrolífero de Heglig, ao governo nacional em Cartum.

Acordo de Paz

O representante especial de Ban Ki-moon no Sudão, Ashraf Qazi, disse esperar que a decisão venha a reforçar a cooperação entre o Norte e o Sul, encorajando as duas partes a completarem as restantes tarefas previstas no Acordo Global de Paz assinado em 2005.

A disputa sobre Abyei vinha bloqueando a implementação do tratado que pôs fim a duas décadas de guerra civil no Sudão.

Qazi disse num comunicado que os dois lados tinham aceitado o veredicto e que a questão está agora encerrada.

Ele indicou que a decisão demonstra que mesmo durante disputas difíceis e sensíveis, as partes podem encontrar soluções e trabalhar de boa fé.

O representante do Secretário-Geral sublinhou ainda a importância de uma resolução clara e definitiva sobre as fronteiras de Abyei.

Referendo

A Corte Permanente de Arbitragem rejeitou as fronteiras ocidental e oriental da área em disputa, estabelecidas em 2005 por um painel de especialistas internacionais, mas não modificou as linhas de demarcação a norte e sul.

O Acordo Global de Paz no Sudão, assinado entre o Norte e o Sul em 2005, pôs fim a um conflito que matou cerca de 2 milhões de pessoas e forçou 4,5 milhões a fugirem das suas casas.

Os sudaneses irão votar num referendo em 2011 para decidir se a região sul deverá continuar a fazer parte do Sudão ou tornar-se um país independente.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud