Banco Mundial reforça apoio à Guiné-Bissau

14 julho 2009

Parte do empréstimo de US$ 1,74 milhões ajudará o país a implementar uma estratégia de comunicação para explicar à população os benefícios do pagamento de impostos.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial concedeu um empréstimo de US$ 1,74 milhões à Guiné-Bissau para capacitar o governo na área crucial de gestão das finanças públicas.

Um comunicado da instituição divulgado na segunda-feira indica que a ajuda foi feita ao abrigo do Fundo para a Paz do banco.

Capacitação

A nota afirma que o empréstimo financiará uma combinação de assistência técnica e acções de capacitação na preparação de orçamentos, gestão de impostos e actividades das alfândegas e tesouraria.

Parte do montante será também usado para reforçar o controle interno do orçamento, incluindo reformas do sistema público de compras.

O empréstimo ajudará ainda o governo a implementar uma estratégia de comunicação destinada a explicar à população sobre a importância do pagamento de impostos.

O mês passado o órgão aprovou um pacote de US$ 8 milhões para o biénio 2009-2010 para ajudar a Guiné-Bissau a implementar o seu Programa Estratégico de Redução da Pobreza.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud