Ban diz que RD Congo enfrenta desafios complexos

8 julho 2009

Num relatório ao Conselho de Segurança, Ban Ki-moon diz que confrontos armados causaram um aumento no número de deslocados e de abusos de direitos humanos no leste do país.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que a República Democrática do Congo continua a enfrentar desafios complexos.

Num relatório enviado na terça-feira ao Conselho de Segurança, Ban indica que a segurança na região leste do país continua volátil enquanto a situação humanitária agravou-se.

Violência Sexual

Ele nota que operações militares contra grupos armados estrangeiros e movimentos rebeldes congoleses causaram ataques de retaliação contra populações civis.

O documento realça que as acções militares provocaram um aumento significativo no número de deslocados e de abusos de direitos humanos.

Essas violações incluem a violência sexual praticada muitas vezes por forças do governo.

O relatório afirma que comandantes militares, a polícia de investigação criminal e magistrados continuam a encorajar famílias a resolverem as suas disputas fora dos tribunais, o que ajuda a perpetuar a cultura de impunidade no país.

Dados da ONU indicam que cerca de 1,4 milhão de pessoas estão agora deslocadas no leste da República Democrática do Congo, após os últimos actos de violência. Desse total, cerca de 1 milhão foi forçada a fugir de suas casas por uma combinação de confrontos armados, violações sexuais e pilhagens.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud