Angola e a crise económica

2 julho 2009

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Angola dispõe de bases sólidas para enfrentar a actual crise económica.

A afirmação foi feita pelo vice-ministro angolano da economia, Job Graça, numa entrevista à Rádio ONU, em Nova Iorque.

Ele fazia parte da delegação do país que participou na cimeira das Nações Unidas sobre as crises financeira e ecomómica, que decorreu de 24 a 26 de Junho.

Job Graça revelou que a economia angolana cresceu a uma taxa média de cerca de 19% nos últimos três anos, enquanto a taxa de inflação situou-se a 12%. Ele afirmou que esses fundamentos são robustos e tornaram Angola um país atractivo para o investimento privado.

A delegação angolana à reunião era chefiada pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

Oiça a entrevista que os dois governantes angolanos conderam à Rádio ONU.

Entrevista - parte 1 tempo 4'26"

Entrevista -parte 2 tempo 4'51"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud