ONU condena recentes ataques no Iraque

29 junho 2009

Secretário-Geral apelou para que as os líderes políticos trabalhem juntos para alcançarem uma paz duradoura através do diálogo e reconciliação.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou nesta segunda-feira, em Nova Iorque, os recentes ataques ocorridos em várias cidades do Iraque, e pediu ao povo iraquiano que rejeite as tentativas de promover a violência.

Em nota divulgada pela sua porta-voz, ele deplorou os ataques e assassinatos ocorridos recentemente em Bagdá, Kirkut e Anbar que mataram e feriram um grande número de pessoas.

Paz Duradoura

O Secretário-Geral lembrou que o Iraque prepara-se para assumir total responsabilidade pela segurança nas suas cidades.

Ban pediu aos líderes políticos para que trabalhem juntos e alcancem uma paz duradoura através do diálogo e reconciliação.

O chefe da missão da ONU no Iraque, Staffan de Mistura, informou o Conselho de Segurança no princípio deste mês que o Iraque têm o potencial para superar os seus desafios.

Tensões

Ele afirmou, contudo, que os esforços de paz irão depender de alguns factores como a melhoria das condições de vida da população e redução das tensões.

Segundo De Mistura, nos últimos dois anos os iraquianos demonstraram estarem cansados dos conflitos, diminuindo gradualmente as divisões sectárias e procurando a reconciliação e participação nas eleições.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud