Comissão da ONU encerra audiências em Gaza
BR

29 junho 2009

Grupo liderado pelo juiz sul-africano, Richard Goldstone, investiga se houve violações dos direitos humanos durante o último conflito entre Hamas e Israel na região.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Comissão de Inquérito que apura alegações dos direitos humanos durante o último conflito na Faixa de Gaza encerra nesta segunda-feira audiências públicas na Cidade de Gaza.

O grupo de quatro especialistas é liderado pelo juiz sul-africano Richard Goldstone. O objetivo das audiências é ouvir vítimas de todos os lados do confronto, além de peritos.

Vistos

As reuniões estão ocorrendo na sede da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa.

Na próxima semana, entre 6 e 7 de julho, a comissão de inquérito realizará as audiências em Genebra, sede do Conselho de Direitos Humanos.

O conflito que durou quase um mês entre dezembro e janeiro passados causou a morte de cerca de 1,5 mil pessoas e deixou 5,5 mil feridas.

O governo de Israel afirmou que não vai cooperar com o trabalho da comissão por considerar o grupo tendencioso.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, e a alta comissária de Direitos Humanos, Navi Pillay, pediram a Israel que colabore com a equipe.

O grupo teve que entrar na região através do Egito após ter seus pedidos de vistos negados pelo governo israelense.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud