Savana africana tem grande potencial para agricultura (Português África)

22 junho 2009

Estudo da FAO e Banco Mundial indica que apenas 10% da Savana da Guiné, uma área de 400 milhões de hectares, é usada actualmente na agricultura.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Uma vasta extensão da Savana da Guiné, uma área que se estende do Senegal à África do Sul e abrange 25 países, tem o potencial para aumentar de forma significativa a agricultura comercial no continente.

A afirmação consta de um novo estudo publicado pela Organização da ONU para a Alimentação e Agricultura, FAO e o Banco Mundial.

Chuvas Abundantes

O estudo "Despertar um Gigante Adormecido em África: Perspectivas para a Agricultura Comercial na Zona da Savana da Guiné" indica que apenas 10% de uma área de 400 milhões de hectares é actualmente usado para a agricultura.

O documento compara a savana africana às regiões do Cerrado no Brasil e o nordeste da Tailândia. As três áreas têm chuvas abundantes mas irregulares, terras de cultivo propensas a acidez e produtos tóxicos e no caso do Cerrado, uma baixa densidade populacional.

Segundo o estudo, sucessivos governos no Brasil e na Tailândia criaram na década de 80 as condições para um crescimento sustentável da agricultura naquelas regiões, através de políticas macroeconómicas favoráveis, insfraestruturas adequadas e estabilidade política.

Novas Tecnologias

A publicação da FAO e do Banco Mundial defende que África está hoje melhor colocada do que o nordeste da Tailândia e o Cerrado para conseguir uma rápido desenvolvimento da sua agricultura.

O estudo avança várias razões, incluindo um melhor clima para negócios em vários países, aumento de investimentos domésticos e estrangeiros na agricultura e o uso de novas tecnologias.

Os dois órgãos indicam que as experiências do Brasil e da Tailândia mostram que a redução da pobreza é maior quando os pequenos agricultores são envolvidos no desenvolvimento.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud