Anemia Falciforme

19 junho 2009

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a governos, sociedade civil e parceiros para ajudarem a melhorar a qualidade de vida de pessoas que sofrem de anemia falciforme.

Numa mensagem por ocasião do primeiro Dia Mundial de Consciencialização sobre a doença, celebrado esta sexta-feira, dia 19 de Junho, ele saudou a resolução adoptada em Dezembro último pela Assembleia-Geral de reconhecer a anemia falciforme como um problema de saúde pública.

Ban notou que ela é uma doença hereditária que afecta centenas de milhares de bebés todos os anos, a sua grande maioria em países de rendimento médio e baixo.

Numa entrevista à Rádio ONU, em Nova Iorque, o Dr. Alexandre Lima, médico dos Serviços de Saúde das Nações Unidas, deu mais pormenores sobre esta doença pouco conhecida.

Oiça a entrevista.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud