Fundação Jolie-Pitt doa US$ 1 milhão para o Paquistão

18 junho 2009

Montante servirá para socorrer famílias de deslocados internos e vítimas da violência no Vale do Swat, noroeste do país.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

A Fundação Jolie-Pitt, presidida pelos actores de Hollywood Angelina Jolie e Brad Pitt, doou nesta quarta-feira US$ 1 milhão para famílias de deslocados internos no Paquistão.

O anúncio foi feito pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur. Angelina Jolie é embaixadora da Boa Vontade da agência da ONU desde 2001.

Acampamentos

O conflito recente no Vale do Swat entre tropas do governo e o movimento islâmico Talebã já causou mais de 2 milhões de deslocados no noroeste do país.

Cerca de 260 mil refugiados estão sendo abrigados em acampamentos montados pelo Acnur.

O chefe da agência, António Guterres, que está em viagem oficial a Washington, agradeceu à Fundação Jolie-Pitt e disse que a situação no Paquistão é a crise humanitária mais grave desde a década passada.

Segundo o Acnur, Angelina Jolie já visitou as operações da agência no Paquistão três vezes nos últimos oito anos.

Vídeo

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados lançou um vídeo com a actriz Angelina Jolie para lembrar a situação de 42 milhões de refugiados e deslocados internos no mundo.

A mensagem de 30 segundos pede que as vítimas não sejam esquecidas.

Angelina Jolie diz que os refugiados são as pessoas mais vulneráveis do planeta e ressalta que os refugiados iraquianos precisam de apoio, até que possam regressar as suas casas com segurança e dignidade.

O Dia Mundial do Refugiado será marcado neste sábado 20 de junho.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud