Ban pede a Israel para mudar políticas de segurança
BR

8 junho 2009

Em mensagem à Comissão sobre Direitos Inalienáveis dos Povos Palestinos, Secretário-Geral também defendeu entrada de combustíveis e materiais de construção em Gaza.

[caption id="attachment_159026" align="alignleft" width="175" caption="Civis em Gaza"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York*.

As Nações Unidas voltaram a pedir a Israel que congele os assentamentos na Cisjordânia e que libere a entrada de material de construção na Faixa de Gaza incluindo a passagem de combustível à região.

O apelo foi reforçado, nesta segunda-feira, numa mensagem do Secretário-Geral, Ban Ki-moon, durante o encontro da Comissão da ONU sobre os Direitos Inalienáveis dos Povos Palestinos.

Dois Estados

O grupo está realizando uma reunião de dois dias, em Jacarta, capital da Indonésia.

Ele também pediu a Israel para promover mudanças em suas políticas de segurança.

Ban lembrou que é preciso alcançar uma solução de paz duradoura no Oriente Médio que segundo ele seria a criação de dois Estados: um palestino e outro judaico vivendo lado a lado.

Jerusalém

O Secretário-Geral da ONU disse que está preocupado com a situação em Gaza, que piorou após o conflito de quase um mês na região. Ele voltou a pedir o congelamento de assentamentos construídos por Israel na Cisjordânia e no leste de Jerusalém.

Ele terminou a mensagem dizendo que o objetivo claro da ONU é a criação de um Estado palestino, e disse que está encorajado com o compromisso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre o tema Oriente Médio.

Ao lado dos Estados Unidos, da Rússia e da União Europeia, a ONU participa do Quarteto Diplomático para a região.

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud