Obama e o Mundo Islâmico
BR

4 junho 2009

Secretário-Geral disse que espera que mensagem do novo presidente americano ajude a criar uma nova etapa nas relações dos Estados Unidos com os muçulmanos e no processo de paz do Oriente Médio.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que está fortemente entusiasmado com o discurso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre as relações do país com o mundo islâmico.

Obama fez o discurso, nesta quinta-feira, na Universidade do Cairo, durante uma visita ao Egito.

Reconciliação

Ban Ki-moon elogiou o que chamou de uma mensagem de paz, entendimento e reconciliação numa nota, lida pela sua porta-voz, Michele Montas.

Montas explicou que para o Secretário-Geral da ONU, o discurso de Barack Obama é um passo decisivo na eliminação de divisões e na promoção de mais entendimento entre os povos, o que é o maior objetivo das Nações Unidas.

Ban lembrou que o pedido de Obama para que "a prática da tolerância e da coexistência pacífica como bons vizinhos" é um princípio básico da Carta da ONU.

Ele encerrou a nota afirmando que a mensagem do presidente Obama deverá abrir um novo capítulo nas relações entre os Estados Unidos e o mundo islâmico.

Ban espera que o discurso possa causar um impacto positivo no processo de paz do Oriente Médio.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud