Unesco debate ecoturismo na Ilha de Páscoa
BR

29 maio 2009

Desenvolvido em parceria pelo governo chileno com a agência da ONU, a iniciativa deve ser aplicada nas comunidades do Parque Nacional Rapa Nui, na Ilha de Páscoa, que recebe mais de 60 mil visitantes anualmente.

Michelle Alves de Lima, da Rádio ONU em Nova York.

O diretor-geral da Unesco, Koïchiro Matsuura, e a presidente do Chile, Michelle Bachelet, apresentaram na quinta-feira, em Paris, um projeto de treinamento de desenvolvimento e ecoturismo sustentável.

O projeto, desenvolvido em parceria pelo governo chileno com a agência da ONU, deve ser aplicado nas comunidades do Parque Nacional Rapa Nui, na Ilha de Páscoa, que integra o Patrimônio Histórico da Unesco desde 1995.

Identidade

A presidente do Chile ressaltou que a iniciativa pretende dar à comunidade local um papel importante no aprimoramento e na promoção de seu próprio patrimônio.

Ela disse ainda que, com a preservação de seu patrimônio, a sociedade preserva sua história e identidade.

Rapa Nui

De acordo com o diretor-geral da Unesco, o projeto deve diminuir os impactos negativos do turismo no local, que hoje é um dos principais destinos para viajantes ao Chile.

Conhecido por seus moais, estátuas de pedras gigantes, o Parque Nacional de Rapa Nui recebe mais de 60 mil visitantes por ano.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud