Cruz Vermelha ajuda desabrigados na Tanzânia

22 maio 2009

Explosão numa base militar perto da capital no dia 29 de Abril matou 26 pessoas e feriu mais de 500; cerca de 20 mil continuam a viver a céu aberto.

Carlos Araújo, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha, Ficv, lançou um apelo de emergência de cerca de US$ 500 mil para ajudar milhares de tanzanianos desabrigados pela explosão numa base militar perto de Dar-es-Salam.

O órgão disse esta sexta-feira que três semanas após o acidente cerca de 20 mil pessoas continuam sem tecto. O Ficv diz que precisa de tendas para restituir a dignidade aos sinistrados.

Desastre

O director da Cruz Vermelha no país, Julius Kejo, afirmou que o órgão está a trabalhar para evitar surtos de doenças como a cólera e diarreia.

Uma nota do Ficv revela que a explosão ocorrida no dia 29 de Abril matou 26, feriu mais de 500 e destruiu 400 casas. O acidente teve lugar numa base militar que armazenava grandes quantidades de munições e minas. Várias fontes de água foram contaminadas durante o desastre.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha está a fornecer refeições diárias e planeia iniciar a distribuição de mantas e redes mosquiteiras a pelo menos 5 mil das pessoas mais vulneráveis.

Uma equipa da Ficv já identificou e reuniu com as suas famílias 431 das cerca de 1,3 mil crianças desaparecidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud