ONU pede tolerância zero a tráfico humano
BR

13 maio 2009

Em mensagem para debate na Assembleia Geral, Ban Ki-moon diz que comunidade internacional deve se unir para combater o crime.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York. *

A Assembleia Geral da ONU está realizando, nesta quarta-feira, uma discussão sobre o combate ao tráfico humano.

Numa mensagem na abertura do evento, o Secretário-Geral Ban Ki-moon disse que o mundo precisa demonstrar tolerância zero com os criminosos.

Crianças

Ban lembrou as iniciativas da ONU para conscientizar cada vez mais pessoas do problema incluindo a recente nomeação da portuguesa Marta Santos Pais como representante especial sobre Violência contra Crianças. Mas para o Secretário-Geral esses passos têm que fazer parte de uma ação coordenada.

Ban Ki-moon afirmou que em primeiro lugar o mundo tem que criminalizar o tráfico humano e aplicar punições mais severas contra os traficantes.

Ele voltou a apelar a todos os países que ratifiquem o Protocolo da ONU contra Tráfico Humano.

Recursos

Numa entrevista à Rádio ONU, antes do evento, o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, disse que o confisco de bens de traficantes pode ajudar e muito a diminuir o número de casos.

"No tráfico de pessoas quem paga a primeira passagem, a primeira viagem é o traficante. A hora que ele não tiver mais recursos porque foram bloqueados por nós, a causa da criminalidade terá sido combatida. Criar mecanismos que possam fazer com que os países cooperem mais efetivamente na repatriação e bloqueio de recursos. O Brasil tem sido constantemente convidado a apresentar casos sobre a nossa Política de Enfrentamento ao Tráfico. Estamos fazendo um bom trabalho", afirmou.

Plano de Ação Global

No debate na ONU, Ban Ki-moon encerrou a mensagem apoiando o pedido de muitos participantes para criar um Plano de Ação Global contra o Tráfico Humano.

Também participa do evento o diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, Antonio Maria Costa.

*Apresentação: Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud