Moçambique cria equipa de choque para A(H1N1)

5 maio 2009

Segundo ministério da Saúde, a equipa incluirá um médico e quatro enfermeiros para a cidade de Maputo; de acordo com a OMS ainda não se registaram casos da doença em África.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O governo de Moçambique está a preparar o que descreveu por uma equipa de choque para enfrentar eventuais casos de gripe A(H1N1) no país.

A medida segue-se ao aumento da vigilância epidemiológica em todos os aeroportos internacionais de Moçambique.

Influenza

O porta-voz do ministério moçambicano da saúde, Leonardo Chavana, disse à Rádio ONU, de Maputo, que a medida vai abranger apenas a capital, numa primeira fase.

"O que nós estamos a conceber como uma equipa de choque é dentro da cidade de Maputo termos uma equipa constituida por um médico e quatro enfermeiros que vão estar permanentemente em alerta. Se um caso suspeito for notificado, essa equipa pode ser activada e dirigir-se ao campo ou ao hospital onde vão ser isolados os prováveis casos e proceder ao seu tratamento" disse.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, até esta terça-feira, nenhum país africano notificou casos de influenza causada pelo vírus A(H1N1).

África

A directora do departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente da OMS, Maria Neira, disse à Rádio ONU, de Genebra, que o órgão está a a ajudar o continente a se preparar para a eventualidade do surgimento dos primeiros casos.

"Eu não diria que ninguém está fora de perigo. Acho que estamos a tomar as medidas para preparar o continente para o caso da confirmação de casos em África. Os países africanos tem sistemas sanitários que não estão tão bem preparados como em outras regiões do mundo e por isso a OMS tem de os ajudar. De momento não temos a confirmação ou pesquisa que demonstre transmissão em África" afirmou.

Segundo a OMS, 21 países já notificaram 1124 casos da doença até ao meio-dia desta terça-feira, hora de Genebra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud