ONU pede à oposição afegã que participe de eleições
BR

4 maio 2009

Apelo foi feito pelo representante especial de Ban Ki-moon no país, Kai Eide; ele também quer mulheres disputando o pleito que está marcado para agosto.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

O chefe da Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, Kai Eide, pediu aos políticos da oposição no país que participem das próximas eleições.

A votação presidencial e local está marcada para 20 de agosto.

Dificuldades

O representante de Ban Ki-moon reforçou o apelo da Comissão de Direitos Humanos do Afeganistão, neste domingo, para que todos os afegãos participem do pleito.

O chefe da Missão da ONU no país disse que não subestima as dificuldades políticas, mas segundo ele é mais importante competir nas urnas que lutar nos campos de batalha.

Eide informou que a ONU participará das eleições monitorando a votação e ajudando no processo de cadastramento dos eleitores durante a campanha e até o dia da votação.

Defesa

Ao lado da Comissão de Direitos Humanos, a organização também pretende observar o direito de reunião e de defesa dos princípios democráticos sem riscos de intimidação ou discriminação.

Para Kai Eide, todos os candidatos e eleitores têm de ser respeitados independentemente de ideologias ou partidos.

O chefe da Unama também pediu aos jornalistas e demais representantes da mídia que reforcem a liberdade de imprensa e de expressão, especialmente, encorajando mulheres a concorrer à presidência do país e às eleições locais.

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud