Dia Mundial do Livro

23 abril 2009

A data foi instituída pela Unesco em 1996 em homenagem aos escritores William Shakespeare, Miguel de Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega, os três morreram em 23 de abril.

Michelle Alves de Lima, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, comemora neste 23 de abril o Dia Mundial do Livro.

A data marca também os aniversários de morte do escritor inglês, William Shakespeare, e dos espanhois Inca Garcilaso de la Vega e Miguel de Cervantes.

Alfabetização

Numa mensagem, o diretor-geral da Unesco, Koïchiro Matsuura, disse que a comemoração é parte ainda da Década das Nações Unidas para a Alfabetização, que entrou em vigor em 2003 e vai até 2012.

Matsuura comparou o efeito emancipatório dos livros com o slogan da Década da Alfabetização, que é "Alfabetização como Liberdade".

A escritora brasileira, Yara Maura Silva, autora do livro A Turma da Mônica Conta em Versinhos o Que Mudou no Idioma Português, disse à Rádio em Nova York, que o trabalho deve ajudar a integrar os oito países que falam a mesma língua.

"Este livro vai ser muito interessante, pois até o momento, tudo que está saindo no Brasil é mais direcionado para o adulto. A mudança do idioma, como é que vão ser os acentos etc. Então, ficou faltando essa informação de uma mais fácil e até divertida, para a criança aprender e memorizar."

Capital Mundial do Livro

A cada ano, uma cidade do mundo é nomeada Capital Mundial do Livro.

Beirute, no Líbano, é a escolhida desta vez.

Participam da seleção, escolhida por um comitê especial, as cidades que demonstraram grande empenho na promoção de livros e eventos literários.

A capital vencedora ganha o reconhecimento da Unesco para o melhor programa dedicado aos livros e à leitura.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud