Ban estabelece condições para uma missão da ONU na Somália

22 abril 2009

Ban Ki-moon propõe uma abordagem em três etapas; uma decisão final será tomada pelo Conselho de Segurança dentro de cerca de oito meses.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon fez as suas últimas recomendações ao Conselho de Segurança sobre uma possível missão de manutenção de paz das Nações Unidas na Somália.

Num relatório enviado esta quarta-feira ao órgão, Ban propõe uma abordagem em três fases.

Reconciliação Nacional

A primeira medida consiste no apoio da ONU à missão da União Africana no país, Amisom. A organização apoiará também as instituições somalis de segurança, o processo de reconciliação nacional e fornecerá assistência humanitária.

Os resultados desta primeira fase, que segundo Ban Ki-moon deverá durar três a quatro meses, serão avaliados em visitas regulares à Somália de departamentos relevantes das Nações Unidas.

A implementação da segunda fase depende da melhoria da situação de segurança no país. Ela durará também três a quatro meses e envolve uma presença limitada da ONU em Mogadíscio. Durante essse período, o Escritório Político das Nações Unidas para o país, chefiado por Ahmedou Ould-Abdallah, fornecerá assistência directa ao processo político no terreno.

Operação de Paz

A terceira e última fase será o estabelecimento de uma operação de paz da ONU para substituir a força africana. Mas o Secretário-Geral disse que só levará o assunto ao Conselho de Segurança, no final da segunda etapa, se estiver satisfeito com o grau de aceitação da presença da ONU em Mogadíscio.

A Somália não tem um governo central e funcional desde a queda do presidente Siad Barre em 1991. As Nações Unidas estimam que cerca de 3,2 milhões de pessoas, 40% da população, necessitam de assistência humanitária.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud