Saúde de funcionário sequestrado preocupa ONU (Português para o Brasil)

31 março 2009

Nota lida por porta-voz do Secretário-Geral diz que chefe do escritório da organização em Quetta pode estar gravemente doente.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU informou, nesta terça-feira, que está preocupada com o estado de saúde do funcionário, John Solecki, que foi sequestrado há quase dois meses no Paquistão.

Numa nota lida pela porta-voz de Ban Ki-moon, Michele Montas, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, disse que não tem recebido nenhuma informação direta sobre Solecki.

Libertação

Segundo o Acnur, ele pode estar gravemente doente.

O diretor do escritório da Acnur em Quetta, no Paquistão, foi levado por homens armados num ataque que matou o motorista dele.

Logo depois, as Nações Unidas pediram a libertação imediata de Solecki informando que ele sofria de uma problema sério de saúde.

O Secretário-Geral Ban Ki-moon tratou do problema diretamente com o presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, que prometeu ajudar.

O Acnur afirmou que o bem-estar de Solecki é agora uma questão de inteira responsabilidade do grupo que o mantém em cativeiro.

A agência voltou a pedir a libertação imediata do funcionário da ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud