Mundo às escuras para marcar Hora do Planeta

27 março 2009

Sede das Nações Unidas em Nova Iorque e todos os demais prédios da organização no mundo apagarão também as luzes este sábado, dia 28, das 20:30 às 21:30 hora local.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

Milhões de pessoas devem apagar as luzes neste sábado das 8:30 às 9:30 da noite para protestar contra o aquecimento global.

A iniciativa, baptizada de Hora do Planeta, será realizada em centenas de cidades no mundo, e segundo os organizadores pode se converter na maior expressão pública global da preocupação com a mudança climática.

Efeito Estufa

A sede das Nações Unidas em Nova Iorque e todos os demais prédios da organização no mundo ficarão às escuras por uma hora.

Numa mensagem de vídeo, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, disse que a Hora do Planeta é uma forma de os cidadãos dizerem aos líderes internacionais que o mundo quer acção contra a mudança climática.

Ban afirmou ainda que todos os participantes estão a dizer a seus representantes políticos que assinem um acordo em Dezembro para combater o efeito estufa.

Emissões

A reunião no fim do ano, em Copenhaga, capital da Dinamarca, levará à conclusão de negociações para um substituto da primeira fase de cumprimentos do Protocolo de Kyoto, que prevê a diminuição de emissões de gases poluentes no mundo.

Os organizadores da Hora do Planeta pediram aos participantes que usem todas as plataformas electrônicas possíveis para divulgar o evento incluindo envio de fotos, mensagens em sites de relacionamento social, vídeos, blog e também o twitter.

*Apresentação: Carlos Araújo, Rádio ONU, em Nova Iorque

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud