Banco Mundial disponibiliza US$ 500 milhões ao Paquistão (Português para o Brasil)

27 março 2009

Segundo órgão quantia, equivalente a mais de R$ 1,1 bilhão, servirá para estabilizar economia do país.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial aprovou uma linha de crédito equivalente a R$ 1,1 bilhão para o Paquistão.

A quantia, que foi emprestada sem juros, servirá para ajudar o governo paquistanês a reconquistar e manter a estabilidade econômica numa tentativa de retomar o crescimento.

Leia o boletim de Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

Desaquecimento

O Paquistão, no sul da Ásia, tem enfrentado choques externos e internos. No ano passado, o preço alto dos alimentos e dos combustíveis aumentou os gastos do país com atividades de importação.

O desaquecimento da economia, no segundo semestre, levou a perdas na balança de exportação do país.

De acordo com o Banco Mundial, o Paquistão também registrou uma fuga de capitais por causa da recessão global.

Passos Importantes

O diretor do órgão financeiro no país, Yusupha Crookes, afirmou que o governo de Islamabad tem dado passos importantes para estabilizar sua economia.

O empréstimo, aprovado nesta quinta-feira, inclui mecanismos de proteção para as partes mais pobres da população com melhorias para ações governamentais de transferência de dinheiro vivo, principalmente, o Programa Benazir de Apoio à População de Baixa Renda."

A iniciativa foi criada no ano passado para homenagear a ex-premiê do Paquistão, Benazir Bhutto, assassinada em 2007.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud