Resolução da ONU condena violência religiosa
BR

26 março 2009

Documento aprovado no Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, deplora atos de agressão psicológica, física e ataques contra pessoas por causa de credos incluindo atentados contra locais de culto.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas adotaram uma resolução, nesta quinta-feira, condenando atos de violência motivados por diferenças religiosas.

O documento, aprovado pelo Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, recebeu 23 votos a favor, 13 contra e 11 abstenções.

Símbolos

O conselho condenou, com veemência, casos de agressões psicológicas e físicas, além de violência e ataques contra pessoas por causa de opção religiosa e credos.

A resolução também deplorou atentados contra locais de culto e adoração, monumentos considerados sagrados, símbolos religiosos e personalidades veneradas por vários credos.

O texto expressou a preocupação do Conselho de Direitos Humanos com o que chamou de uma campanha de intensificação e difamação de religiões incluindo a forma como minorias islâmicas teriam sido tratadas após os ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos.

Pela resolução, a ONU pede a todos os países que tomem as medidas necessárias para promover tolerância e respeito a todos os credos e religiões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud