383 mil candidatos a asilo em 2008, diz Acnur

24 março 2009

Agência da ONU revela que os países com maior número de pedidos foram o Iraque, Somália, Rússia, Afeganistão e China; Estados Unidos continuaram a ser o destino preferido das pessoas que procuram asilo.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Dados provisórios compilados pelo Alto Comissariado para os Refugiados, Acnur, mostram que o número de candidatos a asilo nos países industrializados aumentou em 2008 pelo segundo ano consecutivo.

A informação é do porta-voz da agência da ONU, em Genebra, William Spindler.

"Este aumento pode atribuir-se sobretudo a um número mais elevado de pedidos feitos por cidadãos de países em crise e em conflito como o Afeganistão e a Somália. O ano passado cerca de 383 mil pessoas pediram asilo em 51 países industrializados. Isto equivale a um aumento de 12% comparado com o ano anterior. Mas é importante recordar que historicamente nos últimos 20 anos o número de candidatos a asilo no mundo industrializado tem vindo a diminuir".

Destino

Segundo o Acnur, os países com maior número de candidatos a asilo o ano passado foram o Iraque, com cerca de 40 mil pedidos, seguido da Somália com um pouco menos de 22 mil, Rússia, Afeganistão e China.

Além da Somália, dois outros países africanos, o Zimbabué e a Nigéria, registaram um aumento significativo no número de candidatos.

Os Estados Unidos continuaram a ser em 2008 o destino preferido para as pessoas que procuram asilo no estrangeiro. 49 mil candidatos, cerca de 13% de todos os novos pedidos recebidos pelas nações industrializadas, solicitaram asilo em território americano.

Canadá, França, Itália e Grã Bretanha são os outros Estados industrializados a receber a preferência das pessoas que procuram asilo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud