Tuberculose mata uma pessoa a cada 20 segundos

24 março 2009

Numa mensagem, Ban Ki-moon disse que a epidemia continua a diminuir, mas que a taxa de redução é demasiado lenta; Dia Mundial da Tuberculose é comemorada nesta terça-feira, 24 de Março.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que as medidas tomadas para combater a tuberculose estão a ter impacto.

Numa mensagem por ocasião do Dia Mundial da Tuberculose, comemorado esta terça-feira, 24 de Março, Ban afirmou que a epidemia continua a diminuir, mas que a taxa de redução é demasiado lenta.

Segundo dados das Nações Unidas, a doença mata uma pessoa a cada 20 segundos. O Secretário-Geral revelou que milhões de pessoas estão actualmente a beneficiar de tratamento através de programas nacionais, mas que um igual número não tem acesso a esse mesmo tratamento.

Epidemia

Ele disse que o número de pessoas que contraem a doença continuará a aumentar, a menos que acções urgentes e concretas sejam tomadas.

Ban Ki-moon indicou na sua mensagem que a comunidade internacional deve redobrar os seus esforços para combater as formas da doença ultra-resistentes a medicamentos. Ele afirmou ainda que é necessário continuar a lutar contra a epidemia conjunta de tuberculose e HIV-Sida.

Investimentos

O Secretário-Geral aplaudiu o compromisso de governos, organizações multilateriais, ONGs, fundações e membros das comunidades académica e de pesquisa de continuarem a trabalhar para parar e inverter o alastramento da doença de forma a alcançar as Metas de Desenvolvimento do Milénio.

Ban afirmou que nestes tempos de crise económica, é importante manter os investimentos na saúde global, particularmente para proteger os mais vulneráveis.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, OMS, a tuberculose matou mais de 1,5 milhão de pessoas em 2007, incluindo mais de 450 mil que viviam com HIV-Sida. A maior parte das mortes ocorrem nos países em desenvolvimento, particularmente na Ásia e na África Subsaariana.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud