Banditismo afecta pessoal da ONU em Darfur

18 março 2009

Unamid informa que viatura da missão foi roubada esta quarta-feira em Nyala, no Darfur Sul; um capacete azul tinha sido morto na terça-feira na mesma área.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A missão conjunta de paz da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, informou esta quarta-feira que as actividades de banditismo e intimidação continuam a ocorrer, particularmente nas regiões ocidental e sul da província.

Uma viatura da missão foi roubada em Nyala, no Darfur Sul, na manhã desta quarta-feira, por dois homens armados não identificados que usavam uniforme militar.

Os assaltantes forçaram o condutor a abandonar a viatura e fugiram com o carro. O incidente, que não provocou feridos, já foi comunicado à polícia sudanesa.

Emboscada

Um capacete azul da Unamid foi morto na terça-feira numa emboscada em Nyala, em Darfur Sul.

A missão conjunta da ONU e da União Africana disse também que na segunda-feira dois funcionários nacionais da missão foram intimidados e agredidos por cinco homens armados à civil em El Geneina, no Darfur Ocidental. Eles foram obrigados a parar quando conduziam um veículo da ONU.

A missão revela ainda um aumento no número de pessoas que chegam ao campo de deslocados internos de Zam Zam, no Darfur Norte. O campo acolhe actualmente 80 mil deslocados.

Missão

A equipa conjunta das Nações Unidas e do governo do Sudão, encarregue de avaliar as lacunas humanitárias causadas pela decisão de Cartum de expulsar 16 ONGs da província, prolongou a sua missão por mais um dia. Ela regressará à capital sudanesa na quinta-feira.

Darfur, na região ocidental do Sudão, vive um conflito civil desde 2003 entre tropas do governo, milícias e grupos rebeldes. A violência já matou 300 mil pessoas e obrigou 2,7 milhões a fugir de suas casas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud