Banco Mundial concede empréstimo à RD Congo

27 fevereiro 2009

País perdeu cerca de 200 mil postos de trabalho no sector mineiro; cerca de 1 milhão de pessoas foram directa ou indirectamente afectadas.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A República Democrática do Congo acaba de beneficiar de um empréstimo de US$ 100 milhões do Banco Mundial para ajudar o país a suavizar o impacto da crise financeira global.

O Congo e a Arménia são os primeiros estados a receberem o empréstimo no quadro de um novo sistema de crédito instituído pelo órgão. O mecanismo visa acelerar o processo de concessão de empréstimos.

Investimentos

Segundo uma nota do Conselho de Directores Executivos do Banco Mundial, a República Democrática do Congo tem sido afectada por uma perda significativa de postos de trabalho, devido a uma redução de investimentos no sector de minas.

Nas regiões mineiras na província de Katanga, o encerramento de pequenas minas e a diminuição de investimentos nas minas geridas por grandes multinacionais levaram a uma perda de cerca de 200 mil empregos, que afectaram directa ou indirectamente 1 milhão de pessoas.

Emergência

Na frente humanitária, o Programa Alimentar Mundial, PAM lançou esta sexta-feira uma operação de emergência para distribuir comida a 142 mil pessoas afectadas pelos ataques do grupo rebelde ugandês, Exército de Resistência do Senhor, LRA, no nordeste do país.

A agência da ONU está a transportar 113 mil toneladas por via aérea a partir do aeroporto de Entebe para a região de Dungu, onde os ataques do LRA deslocaram milhares de pessoas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud