As Várias Faces do Português

27 fevereiro 2009

Falantes de Angola, Brasil, Cabo Verde e Portugal trocam impressões sobre as variantes do idioma de 235 milhões de pessoas em quatro continentes; acompanhe a mesa-redonda para marcar o Dia Internacional da Língua Materna.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Segundo especialistas, um dos maiores desafios das cidades no século 21 é a falta de moradia adequada para os que vivem nos grandes centros urbanos de países em desenvolvimento.

Um artigo de jornal sobre o assunto, publicado em Angola, revelaria os problemas dos "musseques" como são chamadas as favelas ou comunidades carentes de Luanda, capital angolana.

Idioma de Camões

O mesmo tema poderia ser abordado num periódico de Portugal com apenas uma diferença: ali, os "musseques" teriam que ser traduzidos por "bairros de lata".

Estas e outras curiosidades do idioma de Camões, que se espalhou pelo mundo, são o tema de um pequeno debate sobre o português atual.

Os participantes: Tatiana Auguste, de Portugal; Xavier Rosa, de Angola, Carlos Araújo, de Cabo Verde e eu, nascida e criada no Brasil, tentamos "perceber" ou "entender", um pouco mais a língua que herdamos e que, diariamente, viaja o mundo do Ocidente ao Oriente.

Novelas Brasileiras e Música Cabo-Verdiana

Em quase 30 minutos, bem divertidos, falamos de quase tudo: a nossa percepção do português, as expressões que já começam a migrar de um território a outro, a influência da música cabo-verdiana "zouk" nos demais Palop (como são conhecidos os Países de Língua Oficial Portuguesa na África), a exportação das novelas brasileiras para todos os países lusófonos e, alguns não-lusófonos.

Refletimos ainda sobre o dever de casa, que alguns de nós já têm que fazer, mas que será assumido, por outros, num futuro próximo: o Acordo Ortográfico.

Aumentar a Mesa

A intenção do debate foi comemorar o português, um pouco depois, do Dia Internacional da Língua Materna, marcado pela Unesco em 21 de fevereiro.

A experiência foi tão positiva que já pensamos em aumentar a mesa com falantes dos demais países lusófonos, ou quem sabe todos os oito?

Uma tarefa muito apropriada para a Rádio das Nações Unidas em Português.

A você que pretende embarcar nesta viagem, boa sintonia!

 Clique aqui para ouvir a Parte 1 do debate

Clique aqui para ouvir a Parte 2 do debate

Clique aqui para ouvir a Parte 3 do debate

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud