PAM lança projecto inovador contra a fome

13 fevereiro 2009

Segundo a agência da ONU a distribuição de cupões alimentares pode ajudar a reduzir os custos de transporte e armazenagem da ajuda alimentar e injectar dinheiro nas economias locais.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Programa Alimentar Mundial, PAM, lançou esta sexta-feira a sua primeira operação de cupões em África, utilizando um novo instrumento na luta contra a fome em centros urbanos onde a comida existe, mas está fora do alcance da maior parte das pessoas, devido ao impacto dos altos preços dos alimentos.

O novo programa de cupões da agência da ONU vai tentar atingir 120 mil pessoas em bairros de Ouagadougou, capital do Burkina Faso, onde os preços de produtos básicos como o sorgo e o milete sofreram um aumento de 25% em relação ao ano passado.

Fome

A representante do PAM no país, Annalisa Conte, disse que muitas vezes fazia muito mais sentido dar cupões às pessoas do que de sacos de comida. Ela afirmou que se tratava de uma solução inovadora para aliviar a fome de pessoas que viviam em cidades onde a comida era disponível, mas cara.

Ao abrigo do programa, famílias receberão um cupão no montante de US$ três que pode ser usado em lojas que assinaram um contrato com o PAM. O cupão pode ser trocado por milho, açucar, sal, óleo de cozinha e sabão.

Cupões

Cada família tem direito a um máximo de seis cupões mensais, durante um período de seis meses. Os donos das lojas podem trocar os cupões por dinheiro através de um contrato que a agência da ONU assinou com uma empresa local de micro crédito.

De acordo com o PAM, a distribuição de cupões em vez de comida pode ser uma forma mais eficiente de aliviar a fome em centros urbanos onde os mercados de comida são bem apetrechados. A operação não só reduz os custos de transporte e armazenagem de comida do PAM, como também ajuda a injectar dinheiro na economia local.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud