ONU quer eleições na Côte d'Ivoire este ano

13 fevereiro 2009

Representante de Ban Ki-moon em Abidjan diz que o estabelecimento de um calendário eleitoral é crucial para a consolidação da paz; presidenciais já foram adiadas várias vezes no país.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas pediram aos líderes da Côte d'Ivoire para estabelecerem um calendário eleitoral o mais rapidamente possível de modo a que as presidenciais possam ser realizadas no segundo semestre de 2009.

A missão da ONU no país, Onuci, disse que o registo eleitoral já ultrapassou a marca dos 4,6 milhões e que poderia estar concluido em Abril ou Maio se tudo correr como até agora.

O chefe da missão, Y. J. Choi, disse que o calendário eleitoral era crucial para a consolidação da paz no país. Ele afirmou que sem uma data ou um objectivo era difícil fornecer ao processo marfinhense o apoio que merecia.

As eleições presidenciais na Côte d'Ivoire, uma componente chave do processo de paz, já foram adiadas repetidas vezes, a última das quais a 30 de Novembro do ano passado.

Insegurança

Entretanto, o Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha, informou que as pessoas deslocadas que estão a regressar às suas aldeias no oeste do país, enfrentam uma grave escassez de comida, água e infraestruturas de saúde.

A agência das Nações Unidas também revelou um elevado grau de insegurança na região, devido à violência de ex-combatentes e jovens.

A Côte d'Ivoire tem sido dividida desde 2002 entre o sul controlado pelo governo e o norte dominado pelos rebeldes das Forças Novas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud