Mugabe deve respeitar direitos humanos

10 fevereiro 2009

Falando numa conferência de imprensa em Nova Iorque, o Secretário-Geral saudou a formação do governo de unidade nacional, mas lembrou que ainda há um longo caminho a percorrer.

Mônica Villela Grayley e Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse ao presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, que o governo deveria proteger os direitos humanos e as liberdades democráticas de todos os cidadãos do país.

Numa conversa com o líder africano, Ban pediu a libertação de todas as pessoas presas, ou detidas secretamente, nos últimos meses.

Progressos

Ele fez a declaração durante uma conferência de imprensa na sede da ONU em Nova Iorque.

Ban Ki-moon disse que congratulou o Zimbabué pelos progressos para formar um governo de unidade nacional. Mas disse ao presidente Robert Mugabe que ainda há um longo caminho a percorrer.

Crise Alimentar

Ainda na conferência de imprensa, o Secretário-Geral afirmou que a crise alimentar mundial ainda não terminou. Ban Ki-moon disse que o problema transformou-se numa "crise esquecida".

Ban lembrou o estado de emergência alimentar decretado pelo Quênia e que afectou 25 milhões de pessoas, o equivalente a ¼ da população. Para Ban, a comunidade internacional precisa definir bem suas prioridades.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud