Unicef lança apelo para emergências

27 janeiro 2009

A directora-executiva do Unicef, Ann Veneman, disse que o aumento dos preços dos alimentos, mudanças climáticas e o impacto da crise financeira global iriam aumentar a vulnerabilidade de mulheres e crianças nos países mais afectados.

O Fundo da ONU para a Infância, Unicef, lançou esta terça-feira um apelo de mil milhões de dólares para ajudar crianças e mulheres que enfrentam a fome, pobreza e doenças em emergências humanitárias através do mundo.

Os fundos serão usados em 36 países, incluindo o Zimbabwe, os Territtórios Palestinianos Ocupados e Myanmar.

Falando no lançamento do apelo, a directora-executiva do Unicef, Ann Veneman, disse que o aumento significativo dos fundos pretendidos devia-se à crescente gravidade das emergências, particularmente no leste e sul do continente africano.

Mudanças Climáticas

Mais de metade do montante será canalizado para cinco das maiores operações humanitárias globais na República Democrática do Congo, Somália, Sudão, Uganda e Zimbabué.

Venemam afirmou que o aumento dos preços dos alimentos, mudanças climáticas, e o impacto da crise financeira global iriam aumentar a vulnerabilidade de mulheres e crianças nos países mais afectados.

Doenças e Deslocamentos

Segundo o Unicef, mais de 950 milhões de pessoas sofrem de falta de alimentos no mundo - um aumento de 100 milhões em relação ao ano passado.

Mudanças climáticas também tem um forte impacto sobre crianças, aumentando a sua vulnerabilidade em relação a doenças e deslocamentos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud