Ambiente é maior desafio global, diz Angola na ONU (Português para a África)

Ambiente é maior desafio global, diz Angola na ONU (Português para a África)

A defesa do meio ambiente é um dos desafios globais que o embaixador de Angola na ONU destaca para a organização, no ano que agora começa; em relação ao seu país, Ismael Martins aponta a reconstução das infraestruturas como grande objectivo para 2009.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O embaixador de Angola nas Nações Unidas, Ismael Martins, disse que 2009 vai ser um ano importante na luta pela protecção do ambiente a nível global e que o seu país está empenhado as iniciativas que visem combater os efeitos das alterações climáticas.

Ismael Martins entende também que outro tema importante para a ONU este ano será a continuação da ajuda aos países em desenvolvimento, apesar da crise financeira internacional.

Apoio

Numa entrevista à Rádio ONU, em Nova Iorque, o embaixador Ismael Marins disse que Angola apoia os Estados que avancem com ideias e acções para melhorar o ambiente, e dá o exemplo do Brasil.

“Pesamos que, com um papel mais determinantes por parte dos líderes regionais que se estão a afirmar, como é o caso do Brasil na América latina, poderemos encontrar soluções para esses problemas, que vão ser os maiores de 2009”, disse.

Reconstrução

Numa antecipação ao que vai acontecer em Angola durante o presente ano, o embaixador Ismael Martins entende que a reconstrução nacional vai ocupar a agenda principal das autoridades angolanas.

“Temos uma agenda de continuar a desenvolver as nossas infraestruras principais e básicas: as estradas, os portos e aeroportos, as infraestururas sociais como os hospitais. Vamos continuar a investir aí, não só em termos de estruturas físicas mas sobretudo em termos de pessoal e organização para que os problemas que ainda vivemos possam desaparecer com o tempo”, declarou.

O embaixador de angola na ONU disse ainda que o 2009 deve ser também o ano do reforço das relações de cooperação Sul-Sul, particularmente com dois parceiros principais que são a China e a Índia.