ONU elogia adesão do Iraque contra armas químicas
BR

14 janeiro 2009

País se somou a 185 outras nações que firmaram a Convenção sobre Proibição, Desenvolvimento, Produção do armamento.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou a decisão do Iraque de firmar um tratado internacional sobre proibição de armas químicas. Ao todo, 186 países assinaram o documento.

Segundo Ban, a decisão demonstra o compromisso do Iraque com o desarmamento e a não-proliferação de armas.

Minoria Curda

A Convenção sobre Proibição de Desenvolvimento, Produção, Estoque e Uso de Armas Químicas e sua Destruição é o primeiro tratado multilateral com mecanismos de verificação e uma categoria de armas de destruição em massa.

Ban Ki-moon afirmou que o acesso universal à convenção ajudará a promover paz e segurança internacionais.

O uso de armas químicas no Iraque contra a minoria curda, em 1988, foi uma das acusações enfrentadas pelo ex-presidente Saddam Hussein em seu julgamento após a intervenção militar de 2003.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud