Aumentam ataques do Talebã com uso de crianças
BR

20 janeiro 2009

ONU condenou recrutamento de menores para atentados suicidas no Paquistão e no Afeganistão.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A representante especial do Secretário-Geral para Crianças em Conflito Armado, Radhika Coomaraswamy, condenou o uso de crianças para ataques suicidas do movimento islâmico Talebã.

Segundo ela, o número de casos de crianças-bomba está aumentando no Paquistão e no Afeganistão.

Tropas

Coomaraswamy afirmou que as crianças precisam ser protegidas e não alvejadas. Ela pediu ao Talebã e a outros grupos que parem imediatamente de recrutar menores.

Neste mês, cinco escolas no noroeste do Paquistão foram alvos de explosões.

Em dezembro, um carro-bomba matou alunos de um outro colégio.

Em meados do mês passado, um menino de 13 anos realizou um ataque suicida contra tropas britânicas na província de Helmand, no sul do Afeganistão.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud