Tribunal para o Líbano começa em 2009, diz ONU BR

Tribunal para o Líbano começa em 2009, diz ONU

Órgão será destinado para o julgamento dos acusados pelos assassinatos políticos ocorridos em 2005 no país incluindo o do ex-primeiro-ministro libanês, Rafiq Hariri.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, anunciou, neste domingo, que o tribunal para o julgamento dos responsáveis pelos assassinatos políticos acorridos no Líbano, em 2005, deve iniciar seus trabalhos em 1º de março do próximo ano.

A anúncio seguiu uma reunião de Ban com o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora, em Doha, capital do Catar.

Assassinatos

Ban afirmou que a abertura do Tribunal Especial representará um passo importante para o fim da impunidade e espera que o Conselho de Segurança da ONU apóie o plano.

O órgão será destinado para o julgamento dos acusados pelos assassinatos políticos no Líbano, incluindo o do ex-primeiro-ministro do país, Rafiq Hariri, ocorrido em fevereiro de 2005.

A apuração dos crimes está sendo coordenada pela Comissão Internacional Independente de Investigação.