Mapa mostra altos níveis de carbono e biodiversidade

5 dezembro 2008

Atlas, lançado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, na Polónia, é considerado o primeiro do género.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas lançaram, nesta sexta-feira, em Poznan, na Polónia, um mapa global sobre Carbono e Biodiversidade.

O mapa é parte do Atlas, de mesmo nome, e contém áreas do planeta, que concentram grande densidade de carbono com altos níveis de biodiversidade.

Leia o boletim de Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

“A pesquisa, publicada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, mostra como a redução de emissões de gases, causadas por desmatamento, pode ajudar não só a combater o aquecimento global, mas também a conservar a biodiversidade.

O atlas, que está sendo considerado o primeiro do tipo, foi compilado com o apoio do governo da Alemanha e da Sociedade Humana Internacional.

Gorilas

O lançamento durante a Conferência sobre Mudança Climática em Poznan serviu para reforçar a importância de projectos de conservação ambiental, que deverão ocorrer no Sudeste da Ásia e na África Central.

Um deles, a Parceria pela Sobrevivência dos Primatas, que conta com o apoio da Unesco, procura proteger cerca de 300 gorilas em florestas da fronteira da Nigéria com os Camarões. A espécie está ameaçada de extinção.

A ONU declarou 2009, Ano Internacional do Gorila.”

A Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, em Poznan, é parte das negociações da nova fase de cumprimentos do Protocolo de Kyoto, que expira em 2012.

O documento prevê a redução, por partes dos países, de emissões de gases que causam o efeito estufa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud