Banco Mundial elogia América-Latina (Português para o Brasil)

Banco Mundial elogia América-Latina (Português para o Brasil)

Órgão diz que a comunidade internacional deve observar soluções inovadoras do continente para evitar crise climática.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Um relatório do Banco Mundial, lançado nesta quarta-feira, elogia a América Latina por “tentar resolver o problema do aquecimento global com soluções inovadoras”.

De acordo com o estudo, “Baixas Emissões de Carbono, Alto Crescimento: A Resposta da América Latina para a Crise”, os esforços da região, contra o efeito estufa, devem ser observados pela comunidade internacional.

Eficiência

Leia o boletim de Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

“Segundo o Banco Mundial, a América Latina poderá liderar os países de renda média na redução das emissões de gás carbono causadas pelo desmatamento, eficiência energética e reforma do transporte urbano.

O relatório é considerado a análise mais importante do órgão sobre a situação do meio ambiente na América Latina e no Caribe.

O economista-chefe para a região, Augusto de la Torre, disse que a queda no preço do petróleo deve levar a menos investimentos em tecnologias verdes, mas não diminuirá o interesse de empresas por incentivos a baixas emissões de carbono.

Curitiba e Bogotá

O Banco Mundial lembrou ainda que a América Latina e o Caribe abrigam a maior biodiversidade do planeta e possuem lideranças capazes de fazer a diferença contra o efeito estufa. De acordo com o relatório do Banco Mundial, a América Latina produz apenas 6% das emissões mundiais de gases que causam o aquecimento global.”

O órgão citou ainda política de biocombustíveis do Brasil como um fator positivo além do conceito de transportes verdes implantado nas cidades de Curitiba, no sul do país, e de Bogotá, capital da Colômbia.