Somália em debate no Conselho de Segurança

Somália em debate no Conselho de Segurança

Processo de paz e pirataria estão na agenda que será analisada pelos 15 países-membros do órgão.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança da ONU debate esta quinta feira a situação na Somália.

A ONU está a mediar o processo de paz neste país do Corno de África, através do enviado especial do Secretário-Geral, Ahmedou Ould-Abdallah.

Regresso

Ould-Abdallah assinalou com optimismo o regresso a Mogadíscio, capital somali, de um dos líderes da oposição que participaram nos contactos para a reconciliação com o governo.

Ould-Abdallah considerou o regresso do Sheik Sharif Sheik Ahmed, ausente durante dois anos da capital, um “desenvolvimento muito bem-vindo” ao processo de paz em curso.

Sheik Sharif Sheik Ahmed é o líder da Aliança para a Re-libertação da Somália.

Pirataria

A Somália é também alvo da atenção das Nações Unidas por causa do aumento da pirataria no litoral do país.

Está em curso, em Nairobi, um encontro internacional para discutir o aumento deste tipo de crime na Somália.

Segundo a ONU, cerca de 140 representantes de 40 países assistem à reunião.

O Conselho de Segurança pediu aos países e organizações regionais com capacidade militar para escoltarem os navios das agências da ONU que levam alimentos através do litoral da Somália para os mais necessitados do país.