China é vital para estabilidade, diz Zoellick (Português para o Brasil)

16 dezembro 2008

Em visita ao país, presidente do Banco Mundial (esq),afirmou que nação asiática precisa continuar crescendo para combater crise global.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, afirmou que a China desempenha um papel forte no processo de estabilidade econômica.

Em visita oficial ao país, encerrada nesta terça-feira, Zoellick disse que apesar da desaceleração no crescimento, a economia chinesa continua a obter um papel estabilizador enquanto outros países estão tendo que enfrentar uma recessão.

Reformas

O presidente do Banco Mundial afirmou que a coisa mais importante que a China pode fazer para ajudar a estabilidade econômica mundial é continuar crescendo.

Zoellick elogiou as medidas domésticas de estímulo do governo chinês previstas para os próximos meses.

A visita do chefe do Banco Mundial ocorreu no mesmo dia em que a China comemorou o 30º aniversário de seu programa de reformas econômicas.

Coroa

O Banco Mundial está finalizando um empréstimo de US$ 710 milhões, o equivalente a R$ 1,6 bilhão, que deve ajudar a China a reconstruir as áreas afetadas pelo terremoto de maio.

Durante sua viagem, Roberto Zoellick também visitou a cidade de Beichuan, na província de Sichuan, e depositou uma coroa de flores em memória dos mais de 68 mil mortos pelo tremor.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud