Angola e Moçambique somam 18 mil casos de cólera (Português para a África)

Angola e Moçambique somam 18 mil casos de cólera (Português para a África)

Cruz Vermelha Internacional suspeita que milhares de infecções tenham origem no surto de cólera registado no Zimbabué.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Cruz Vermelha Internacional revelou que há 10 mil pessoas infectadas pela cólera em Angola e 8 mil em Moçambique.

De acordo com esta organização, o número de infecções nos dois países estará relacionado com o surto de cólera que se regista no Zimbabué que, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, OMS, já matou 978 pessoas e provocou mais de 18,4 mil infecções.

Expansão Epidemia

A Cruz Vermelha Internacional suspeita que muitas das infecções em Angola e Moçambique resultam da disseminação da epidemia para fora das fronteiras do Zimbabué.

Além destes dois países, a Cruz Vermelha revela que há casos de cólera registados no Botsuana e na África do Sul.

A Cruz Vermelha receia que o número de casos de cólera na região possa aumentar nos próximos dias com a aproximação do período de chuvas e com o regresso a casa, durante o Natal, de muitos zimbabueanos que trabalham na África do Sul.