ONU diz que 2009 também será um ano difícil
BR

17 dezembro 2008

Em entrevista a jornalistas, Secretário-Geral(foto) da ONU afirma que desafios podem aumentar em nível global

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta quarta-feira, que 2009 não será menos difícil que este ano.

Ban falou a jornalistas, em Nova York, durante sua última entrevista coletiva em 2008, que chamou "um ano de várias crises".

Segundo ele, o trabalho das Nações Unidas foi positivo principalmente nas áreas da crise alimentar e as respostas aos desastres naturais na China, Haiti e Mianmar.

Ban também destacou o papel da ONU no combate à mudança climática e disse que 2009 será decisivo para o futuro do aquecimento global.

O Secretário-Geral comentou as crises no Zimbábue, na Somália e disse que está pronto para trabalhar com o novo governo dos Estados Unidos.

Ban Ki-moon afirmou que o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua nova administração também prometem uma liderança ousada.

O Secretário-Geral da ONU encerrou a entrevista demonstrando otimismo sobre o Oriente Médio e elogiou as negociações entre israelenses e palestinos este ano.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud