Ban diz que Darfur enfrenta grandes desafios

19 dezembro 2008

A ONU assinala um ano de missão conjunta com a União Africana no Darfur e diz que população continua a sofrer com a violência.

João Rosário, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, considera que a missão conjunta da União Africana, UA, e das Nações Unidas que se encontra na província sudanesa do Darfur, enfrenta enormes desafios.

Na mensagem com que Ban assinala o primeiro aniversário da passagem do controlo militar da força da UA para o comando conjunto com a ONU, o Secretário-Geral disse que a população do Darfur continua assolada pela violência, as operações humanitárias estão em risco e que os confrontos entre as partes continuam com regularidade, sem que se tenha conseguido um acordo de paz.

Logística

Ban Ki-moon apelou aos países com capacidades para disponibilizar meios para que o façam no imediato, dizendo que entre são necessários camiões e helicópteros para facilitar as operações logísticas das organizações que prestam auxílio no Darfur.

Mais de 300 soldados da infantaria etíope juntaram-se ao contingente da ONU e da UA.

Até ao fim de Dezembro são esperados mais 280 elementos da polícia nigeriana no Darfur.

A ONU calcula que o conflito no Darfur já provocou cerca de 300 mil mortos e mais de 2,7 milhões de deslocados, desde 2003.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud